Informações, análises e comentários do jornalista
José Luiz Bittencourt sobre política, cultura e economia

08 jul

Com o governo Caiado condenado ao fracasso, a oposição tem o favoritismo na sucessão estadual de 2022. E Daniel Vilela é o nome melhor posicionado até agora

Helvécio Cardoso

 

O fracasso irremediável do governo chefiado pelo preclaro Dr. Ronaldo Caiado devolve à oposição o favoritismo na sucessão estadual de 2022. Mas, de que oposição estamos falando?

 

O marconismo está falido. Não tem um candidato competitivo. Seu melhor quadro, Marconi Perillo, está enrolado com o Judiciário. É quase certo que não terá elegibilidade em 2022.

 

Resta Daniel Vilela. O ex-deputado terá que dar justificativas convincentes sobre suas atitudes como deputado federal. Seus negócios com as teles, seu papel destacado no desmonte da CLT e outros delizes deslustram a sua biografia.

 

Mas o eleitorado pode condescender de tudo isso se não encontrar alternativa melhor. No momento, no campo oposicionista. ele é quem está na melhor posição, sobretudo depois que Kajuru se queimou na sua  própria fogueira das vaidades.