Informações, análises e comentários do jornalista
José Luiz Bittencourt sobre política, cultura e economia

01 jan

Caiado começa o seu discurso de posse com uma extensa lista de saudações a autoridades, parentes e amigos presentes no plenário da Assembleia

Quase duas horas depois de iniciada a solenidade de posse, no plenário da Assembleia, começa finalmente o discurso do governador Ronaldo Caiado.

 

Caiado menciona uma por uma as autoridades, parentes e amigos presentes, fazendo referências específicas a cada um.

 

Logo após, a cerimônia será encerrada.

01 jan

“Coronel Marconi desertou de Goiás levando nas costas o envolvimento em 5 operações policiais: Monte Carlo, Lava Jato, Decantação, Cash Delivery e Compadrio”, afirma José Nelto

Em seu discurso na solenidade de posse de Ronaldo Caiado, representando a situação, o deputado José Nelto relaciona uma extensa lista de malfeitos do ex-governador Marconi Perillo, que custaram a ele o envolvimento em cinco operações policiais: Monte Carlo, Lava Jato, Decantação, Cash Delivery e Compadrio.

 

Nelto prevê que os próximos meses trarão revelações que irão motivar novas operações policiais tendo Marconi como alvo.

 

“Ele, Marconi, entrou para a história como o primeiro e até hoje único governador a ser preso, envergonhando os goianos”, lembra o deputado.

01 jan

Discurso de José Nelto como representante da situação na posse de Caiado é exatamente a antítese da fala de Talles Barreto: o que para este é o “Estado dos sonhos”, para aquele é “o das trevas”

O Estado que Ronaldo Caiado está recebendo ao tomar posse, nesta terça-feira no plenário da Assembleia, é “de sonhos”, segundo o discurso do deputado Talles Barreto, do PSDB, que fez na sua fala um detalhado relatório das realizações do Tempo Novo. Mas, para o deputado José Nelto, do Podemos, esse mesmo Estado é “de trevas” e está sendo entregue a Caiado em petição de miséria e situação de descalabro financeiro e administrativo.

 

O que um disse é o contrário do que o outro afirmou.

01 jan

José Nelto denuncia venda da folha de pagamento para a Caixa Federal, de forma irresponsável, por R$ 500 milhões, com abrangência sobre o governo que está iniciando

O deputado José Nelto discursa neste momento na cerimônia de posse do governador Ronaldo Caiado, no plenário da Assembleia Legislativa, e faz uma denúncia: o governo que sai vendeu a gestão da folha de pagamento do Estado para a Caixa Federal, por R$ 500 milhões, de forma irresponsável, abrangendo inclusive a nova gestão.

 

Nelto pede a Caiado que um dos seus primeiros atos seja a revogação desse contrato.

01 jan

“Marconi fugiu de Goiás, deixou os goianos na mão e está morando em lugar ignorado”, ataca José Nelto ao afirmar que o legado do Tempo Novo é “triste”

No seu discurso na solenidade de posse do governador Ronaldo Caiado, José Nelto afirmou que “o ex-governador Marconi Perillo fugiu de Goiás, deixou os goianos na mão e está morando em lugar ignorado”.

 

Para o deputado, o legado que o Tempo Novo deixa é “triste”, com centenas de obras inacabadas, dívidas, rombo no caixa e um descalabro administrativo sem precedentes – só escolas, são 87 com a construção paralisada.

01 jan

José Nelto chama Marconi de “coronel” e diz que o discurso de Talles Barreto mostrou que o falecido Tempo Novo continua investindo em “propaganda enganosa”

Referindo-se ao ex-governador Marconi Perillo como “coronel”, o deputado José Nelto, que fala na solenidade de posse de Ronaldo Caiado como representante da situação, critica o discurso de Talles Barreto, que o antecedeu na tribuna como portavoz da nova oposição e enalteceu as realizações dos governos passados, como prova de que o falecido Tempo Novo “continua investindo em propaganda enganosa”.

 

Nelto diz que Marconi recebeu o governo, em 1998, com no máximo R$ 5,4 bilhões de endividamento, mas agora a administração está sendo entregue a Caiado com R$ 21 bilhões de endividamento, que chega a R$ 32 bilhões com os débitos correntes.

 

“Essa é a realidade dura, nua e crua” que o novo governo está herdando, afirmou o deputado.

01 jan

Representando a situação, José Nelto, do Podemos, inicia sob aplausos e gritos de incentivo o seu discurso na solenidade de posse de Caiado

Acaba de subir à tribuna no plenário da Assembleia Legislativa o deputado José Nelto, do Podemos, que fala na solenidade de posse do governador Ronaldo Caiado como representante da situação.

 

É uma volta e tanto da roda da história: há 20 anos, foi Nelto quem discursou, pela oposição, na cerimônia de posse de Marconi Perillo no seu 1º mandato de governador.

 

Naquela época, ele falou sob fortes vaias. Agora, é o contrário: são só aplausos.

01 jan

Melhor momento de Talles Barreto, que nesse ponto não foi vaiado, é a crítica à importação de nomes para o secretariado: “Antes, era o contrário, nós é que tínhamos talentos a oferecer a outros Estados”

O melhor momento do discurso do deputado Talles Barreto, do PSDB, na solenidade de posse de Ronaldo Caiado no plenário da Assembleia Legislativa, trouxe uma dura crítica à importação de nomes para a equipe do novo governo.

 

A plateia, que vaiou Talles em outros momentos, ouviu calada. O parlamentar disse ter certeza que há goianos tão qualificados para a equipe do novo governo quanto os secretários que foram buscados fora do Estado. ““Antes, era o contrário, nós é que tínhamos talentos a oferecer ao resto do Brasil”, disse.

01 jan

Mais vaias a Talles Barreto quando, no seu discurso, ele diz que o Estado está sendo entregue a Caiado em ótimas condições, com endividamento reduzido e todos os serviços públicos funcionando

A terceira onda de vaias ao deputado Talles Barreto, no seu discurso na solenidade de posse de Ronaldo Caiado, explodiu quando ele afirmou que o Estado está sendo entregue ao governador Ronaldo Caiado “em boa situação”, com endividamento reduzido e todos os serviços públicos sendo oferecidos à população em situação de normalidade e eficiência.

 

Talles Barreto lançou um desafio a Caiado: que ele, daqui a quatro anos, entregue Goiás ainda melhor do que está sendo recebendo.

01 jan

Primeiras vaias a Talles Barreto, falando pela oposição, vêm quando ele diz que Goiás é referência para o Brasil na área de Saúde

Demorou, mas vieram: mais ou menos na metade do seu discurso na cerimônia de posse de Ronaldo Caiado no plenário da Assembleia Legislativa, o deputado Talles Barreto recebeu uma vigorosa vaia, exatamente ao citar Goiás, segundo ele, como exemplo para o Brasil na área da Saúde.

 

Em seguida, nova onda de apupos, que obrigou até a uma intervenção do presidente da Casa Zé Vitti pedindo ao público que o orador seja respeitado, quando Talles Barreto mencionou “conquistas” no setor de Segurança.

01 jan

Talles Barreto discursa pela oposição na posse de Caiado, é ouvido em silêncio e enaltece as gestões do PMDB e do Tempo Novo, que, segundo ele, tiraram Goiás do “time dos Estados mais pobres”

Sob silêncio sepulcral, o deputado Talles Barreto, do PSDB, discursa no plenário da Assembleia Legislativa, na solenidade de posse do governador Ronaldo Caiado.

 

Ele atribui o desenvolvimento econômico e o crescimento social de Goiás aos governos do PMDB, até 1998, e a partir daí às gestões do Tempo Novo.

 

Não há reações no plenário. Em tom de relatório, Talles Barreto enumera uma cascata de números, evidenciando, segundo ele, saltos espetaculares para os goianos na economia e na redução das desigualdades sociais.

01 jan

Há 20 anos, posse de Marconi, que também representava ruptura política, foi marcada por tumultos e vaias aos deputados do então PMDB

Há 20 anos, a solenidade de posse de Marconi Perillo no seu primeiro mandato como governador de Goiás, depois uma histórica virada eleitoral sobre Iris Rezende, foi marcada por tumultos e vaias aos deputados do então PMDB – partido que estava sendo apeado do poder.

 

Pelos derrotados, discursou na sessão o deputado José Nelto, que, nesta terça-feira, também falará, mas agora representando os vitoriosos.

 

Nelto enfrentou um plenário hostil e mal foi ouvido, diante dos xingatórios e palavras de baixo calão atiradas contra ele.

 

Esse papel, hoje, será desempenhado pelo deputado Talles Barreto, do PSDB. Daqui a pouco vamos saber qual será a reação da plateia.

01 jan

Caiado diz a jornalistas que seu discurso de posse fará um diagnóstico do governo que está recebendo e que avançará detalhes sobre os planos para a sua gestão

Perguntado por jornalistas sobre o conteúdo do seu discurso, o principal da cerimônia da sua posse como governador do Estado que está começando na Assembleia Legislativa, Ronaldo Caiado adiantou que fará um diagnóstico da herança que está recebendo e que, dessa vez, vai avançar em detalhes sobre os planos que tem para a sua gestão.

 

É algo que, desde que venceu a eleição, ele ainda não fez. (A imagem acima é da TV Assembleia.)

01 jan

Pontualmente, o que é um bom sinal, Caiado chega à Assembleia para a sua posse como novo governador de Goiás

Às 9 horas em ponto, conforme previsto, o governador eleito Ronaldo Caiado chegou à Assembleia Legislativa para a sua posse como chefe do Executivo estadual.

 

Não é nada, não é nada, trata-se de um bom sinal. A pontualidade é sempre elogiável.

01 jan

Posse de Caiado, daqui a pouco no plenário da Assembleia, tem previsão de apenas 3 discursos: os deputados Talles Barreto, pela oposição, e José Nelto, pela situação; e o próprio governador entrante

A posse do novo governador de Goiás Ronaldo Caiado, daqui a pouco, no plenário da Assembleia Legislativa, tem apenas três discursos previstos pelo cerimonial.

 

Falarão os deputados Talles Barreto, do PSDB, pela oposição, e José Nelto, pela situação.

 

O último e mais importante discurso será o de Caiado.

Página 28 de 131« Primeira...1020...2627282930...405060...Última »