Informações, análises e comentários do jornalista
José Luiz Bittencourt e convidados sobre política, cultura e economia

05 out

Com base em pesquisas internas e de acompanhamento de tracking, campanha de Daniel Vilela está certa de que ele já ultrapassou Zé Eliton e conquistará o 2º lugar nas urnas de domingo

Com base em um tracking (pesquisa diária de avaliação através do telefone) que foi fornecido à campanha do MDB pelo ex-ministro Henrique Meirelles e ainda levando em conta pesquisas internas, o QG de Daniel Vilela está convicto de que o candidato sairá das urnas do próximo domingo em 2º lugar, à frente de Zé Eliton.

 

Nas duas últimas pesquisas publicadas, a do Grupom/Diário da Manhã e a do Real Data/TV Record, Zé Eliton continua ocupando o 2º lugar, distante quatro pontos de Daniel, que vem em 3º, números acima da margem de erro (3 pontos em média para cima ou para baixo). Mesmo assim, a certeza do 2º lugar reina na campanha emedebista.

05 out

Tentando ganhar fôlego, Marconi conseguiu postergar as pesquisas para o Senado, em que aparece em 4º lugar, mas da divulgação do Ibope, na noite desta sexta, na TV Anhanguera, não escapará

O ex-governador Marconi Perillo trabalhou duro para postergar a parte relativa ao Senado nas duas pesquisas que foram feitas após a Operação Cash Delivery, em que ele é o principal implicado – o Ministério Público Federal o acusa de ser o líder de uma organização criminosa especializada em arrecadar propinas.

 

Conseguiu parcialmente no caso da pesquisa do instituto Grupom, que acabou sendo obrigado a postar os números para o Senado em seu site, onde, é claro, teve menor leitura (este blog também publicou). Já no caso da Real Data/TV Record, Marconi ganhou um adiamento de 24 horas, tempo que ele está tentando aproveitar para ganhar fôlego antes que se espalhe a notícia da sua queda para o 4º lugar.

 

Mas da noite desta sexta o ex-governador tucano não passará. Está programada para o Jornal Anhanguera 2ª Edição, logo mais, a divulgação da última pesquisa do Ibope – nem a TV nem o Ibope fazem o tipo de concessão que Marconi obteve nos dois episódios anteriores. E, já que o Ibope vai mostrar como está a corrida pelas duas vagas ao Senado, a TV Record será obrigada a também revelar a parte final da pesquisa do Real Data.

 

Vai ser uma noite ruim para Marconi.

05 out

Campanha de Zé Eliton perde o rumo e, com Caiado consolidado nas pesquisas como vencedor no 1º turno e sem nenhum indicativo de alterações nos índices, ainda fala em “vira-virou”

A campanha de Zé Eliton amanheceu nesta sexta-feira de nuvens escuras no horizonte eleitoral com a postagem de um pequeno vídeo, no perfil do candidato tucanono Instagram, no qual se entoa o jingle do “vira virou”(assista acima), que faria alusão a um crescimento dele nas pesquisas – que nunca houve e não há agora.

 

Ao contrário, Ronaldo Caiado apareceu no último levantamento publicado, o Real Time/TV Record, com 48% das intenções de voto, vencendo no 1º turno com mais de 60% dos votos nominais válidos, resultado que deve ser consagrado pelas urnas. Zé caiu de 16 para 14%.

 

“Vira virou”, se houver, só com Zé despencando ainda mais nas pesquisas e Daniel Vilela chegando domingo em 2º lugar.

05 out

Salve-se quem puder(24): até a deputada Eliane Pinheiro, a mais fiel escudeira de Marconi, distribui colinha sem os números dele, de Zé e de Lúcia Vânia

Ninguém é mais fiel ao ex-governador e candidato ao Senado Marconi Perillo do que a deputada estadual Eliane Pinheiro, que trabalhou com ele no Palácio das Esmeraldas durante anos e anos.

 

Mas, candidata à reeleição, Eliane parece não ter tido alternativa a não ser se livrar dos desgastes que a chapa majoritária da coligação do PSDB está impondo aos candidatos proporcionais. Veja só, leitor, a colinha que ela está distribuindo, só com o número dela, e nada sobre o de Marconi, Zé Eliton e Lúcia Vânia.

 

É salve-se quem puder, mesmo.

05 out

Derrota de Zé Eliton é histórica, prova que ele nunca esteve à altura de ser o candidato da mais poderosa base governista que existiu em Goiás e dá a ele o desmoralizante título de “coveiro do Tempo Novo”

Nunca um candidato que representou uma base governista, em Goiás, chegou a uma derrota nas urnas do tamanho que a de Zé Eliton no próximo domingo.

 

Zé vai ficar abaixo dos 500 mil votos ou passar por pouco e assistirá à consagração de Ronaldo Caiado no 1º turno, com mais de um milhão de sufrágios à frente, talvez muito mais.

 

É uma humilhação eleitoral jamais vista antes em Goiás, em se tratando de um candidato que representa as forças encasteladas no governo – que, por si só, em qualquer circunstância, sempre têm um capital mínimo de votos na faixa dos 30% do eleitorado. Agora, serão entre 10 a 15%.

 

Candidato inadequado e despreparado para a missão que recebeu, conforme alertou seguidamente o ex-deputado federal Vilmar Rocha, do seu mesmo grupo, Zé vai passar à história como o “coveiro do Tempo Novo”, o homem que reduziu a pó de traque o mais forte aglomerado político do Estado, em qualquer época, com a sua incrível sequência de erros, incapacidade para reagir e total inaptidão para liderar.

 

Zé não passou de um equívoco.

05 out

Não foram só os programas eleitorais de rádio e televisão que não tiveram importância em Goiás: vitória de Caiado prova que montar cerco de mídia contra um candidato não leva a lugar nenhum

Já se sabe que os programas eleitorais de rádio e televisão, como este blog vinha antecipando há meses, comprovadamente não tiveram nenhum efeito no andamento da campanha e não produziram qualquer resultados para Zé Eliton e Daniel Vilela, apenas, no máximo, se limitando a dar sustentação para o 1º lugar que Ronaldo Caiado ocupou e ocupa na corrida pelo governo de Goiás.

 

Mas uma outra conclusão pode ser tirada da presente eleição: montar cerco de mídia contra um determinado candidato, com a forte veiculação de notícias negativas, não tem nenhuma capacidade de influência. Apesar do envolvimento de parte da imprensa, blogs e sites no esforço para desconstruir Ronaldo Caiado, ele não só resistiu, como não perdeu um único ponto nas pesquisas – ao contrário, cresceu, como atesta, agora na reta final, os 48% a que chegou na pesquisa Real Data/TV Record.

 

Enquanto tentavam demolir Caiado, sempre apresentado como um candidato sem propostas e engarranchado em contradições, sem falar nas “fake news” que foram disparadas contra ele, esse cerco de mídia se desdobrou para promover Zé Eliton – e às vezes Daniel Vilela, que, se crescesse, poderia ajudar a forçar o 2º turno. Uma medição dos espaços mostraria, com facilidade, que 90% das notícias e comentários priorizaram a apresentação do tucano como o melhor nome da disputa, pelo seu “preparo” e outras “qualidades” que o eleitor, como se sabe, nunca viu.

 

A demonstração cabal de que cercos artificiais de mídia não funcionam será mais uma mudança que a eleição de Caiado trará para Goiás.

05 out

Veja foto agora há pouco: comitê de Zé Eliton na avenida T-63 está às moscas, com a iminência de uma derrota em 1º turno jamais vista antes em Goiás

05 out

Manchete de O Popular, nesta sexta-feira, a 2 dias da eleição, é overdose de propaganda eleitoral negativa para Marconi e Zé Eliton

O jornal O Popular noticia em manchete de 1º página(print acima), nesta sexta-feira, o depoimento do ex-presidente da Agetop Jayme Rincón, preso preventivamente pela Operação Cash Delivery no curso de investigações sobre uma organização criminosa que recebia propinas desde 2010, aumentou o fluxo em 2014 e continua até hoje em ação, como atestam os mais de R$ 1 milhão em dinheiro vivos apreendidos na casa de Rincón e do seu motorista.

 

A capa de O Popular é pura propaganda eleitoral negativa para Marconi Perillo e Zé Eliton. Este último alega que não tem nada a ver com o rolo, mas o fato é que o ex-tesoureiro preso vinha atuando como seu coordenador-geral de campanha. Como negar esse vínculo?

 

Pior: ao falar à Polícia Federal, Rincón admitiu vários crimes, mas manteve-se em silêncio quando perguntado sobre a montanha de papel moeda flagrada em seu poder. Não deu explicações. Isso significa duas coisas: ou ele guardou esse trunfo para uma posterior negociação de delação premiada ou a sua origem e destino são mais graves do que se imagina.

 

Marconi e Zé têm todos os motivos para se arrepiar com os próximos passos da Operação Cash Delivery. A coluna Giro, em O Popular, informa nesta sexta que, para os investigadores da Polícia Federal e do Ministério Público Federal, o ex-presidente da Agetop deu sinais de que vai colaborar com as autoridades.

 

05 out

Advogados aconselharam Marconi a buscar uma vaga no Tribunal de Contas do Estado para adquirir foro privilegiado no STJ e fugir do alcance da Operação Cash Delivery

O ex-governador e candidato ao Senado Marconi Perillo ouviu de um grupo de advogados criminalistas – top de linha em Goiás – que deveria, logo após a eleição, articular a sua nomeação para o Tribunal de Contas do Estado e, com isso, adquirir foro privilegiado (junto ao Superior Tribunal de Justiça) e ter uma alternativa para escapar às drásticas consequências que se avizinham com o indiciamento do seu nome na Operação Cash Delivery.

 

Marconi encontra-se em situação delicada: ao renunciar ao governo para disputar as eleições, perdeu o foro privilegiado e teve os seus processos devolvidos à 1º instância da Justiça Federal, de onde partiram, na sexta-feira passada, as autorizações para que as suas casas fossem vasculhadas e o seu ex-tesoureiro de campanha Jayme Rincón fosse preso. Há expectativa de que ele próprio, tão logo vença, dois dias após a data da eleição, o prazo em que candidatos não podem ser presos, seja alvo de uma medida restritiva de liberdade, já que os juízes que despacharam na Operação Cash Delivery declararam-se convencidos de que existe uma organização criminosa em ação e que Marconi é o seu líder.

 

A nomeação do ex-governador para o Tribunal de Contas do Estado não é uma manobra rápida e fácil. Ao contrário. Primeiro, é preciso que se abra uma vaga, com a aposentadoria de um dos atuais conselheiros. Depois, a indicação tem que passar pela Assembleia Legislativa. E, por último, caso Marconi seja preso na semana que vem, tornar-se-ia inviável dada a impossibilidade moral e ética de que alguém recolhido à cadeia seja conduzido para um lugar tão importante – o de fiscal das contas públicas.

05 out

Pesquisa Real Time/TV Record foi o canto de réquiem para a candidatura de Zé Eliton, que já entregou os pontos, desativou a campanha e só aguarda resignado o resultado das urnas

A pesquisa do instituto Real Time Big Data, divulgada na noite desta quinta pela TV Record, acabou com toda e qualquer esperança que ainda alimentava a candidatura do governador Zé Eliton.

 

Há informações seguras de que Zé quedou-se em resignada aceitação ao tomar conhecimento da ascensão de Ronaldo Caiado a 48% das intenções de votos, enquanto ele continuava onde sempre esteve – na faixa dos 14%, tendo como consolo o detalhe de estar à frente de Daniel Vilela, que fechou em 11%.

 

A campanha tucana, que já vinha morrendo aos poucos, amanheceu paralisada nesta sexta e se resume ao esforço em torno da candidatura de Marconi Perillo, que, reconheça-se, luta como um leão ferido para tentar um resultado positivo nas urnas do próximo domingo – depois de profundamente machucado pela Operação Cash Delivery.

 

O gigantesco comitê do Zé, na avenida T-63, está deserto. Uma irmã cuida dos acertos finais para o seu fechamento. A “onda azul” minguou. A “virada” foi esquecida. O candidato ainda vestirá a máscara sorridente que usou durante toda a campanha, mas apenas para cumprir uma agenda mínima, em respeito ao trabalho da militância.

04 out

TV Record adia para esta sexta a divulgação do resultado da pesquisa do instituto Real Data para o Senado. Sinal de que Marconi está mal

A TV Record acaba de informar que somente nesta sexta, 5, é que será divulgado o resultado da pesquisa do instituto Real Data Big Time para a disputa pelas duas vagas ao Senado.

 

A avaliação é unânime: trata-se de um sinal claro de que o ex-governador Marconi Perillo está mal no levantamento.

 

Também nesta sexta, o Ibope divulgará a sua pesquisa sobre as eleições em Goiás, pela TV Anhanguera.

04 out

Real Time Big Data, na TV Record: Caiado dispara a vai a 48%, consolidando com segurança a vitória no 1º turno com 60,7% dos votos válidos

O instituto Real Data Big Time, ligado à Rede Record, acaba de divulgar na TV Record a última rodada da sua pesquisa sobre as eleições em Goiás.

 

Ronaldo Caiado disparou e agora tem 48%. Zé Eliton continua em 2º lugar, com 14%, descolando-se de Daniel Vilela, que apareceu com 11%, diferença de  3 pontos, portanto acima da margem de erro da pesquisa, que é de 2 pontos para mais ou para menos.

 

Em votos nominais válidos, Caiado tem 60,7% – para ganhar no 1º turno, bastam 50% mais um voto.

04 out

Salve-se quem puder(23): veja o santinho eletrônico de Lúcia Vânia, em que ela ensina o número dela e não faz nenhuma referência a Zé Eliton e Marconi

Um santinho eletrônico da senadora e candidata à reeleição Lúcia Vânia está causando polêmica nas redes sociais. No material, ela ensina o seu número, mas não faz qualquer referência a Zé Eliton e Marconi Perillo, cujos espaços são deixados em branco.

 

Até dentro da chapa majoritária do PSDB é cada um por si e que se danem os outros.

04 out

Calendário final das pesquisas: na noite desta quinta, Real Data na TV Record. Na sexta, Ibope na TV Anhanguera. E domingo, Serpes em O Popular. E ponto final

A programação final das pesquisas para esta eleição, em Goiás, começa na noite desta quinta-feira, com a divulgação do último levantamento do instituto Real Data Big Time, pela TV Record, a partir das 19 horas.

 

Em seguida, na noite de sexta, a TV Anhanguera trará o também último levantamento do Ibope.

 

No domingo, em O Popular, a rodada final da pesquisa do Serpes.

 

Em tempo: não haverá mais pesquisas do Diagnóstico, apesar do registro que foi feito no TRE. E nem do Veritá, de Uberlândia.

04 out

Com cara de quase choro, Marconi diz nas redes sociais que a Operação Cash Delivery é “fofoca, mentira, maldade”. Com uma defesa frágil como essa, a derrota fica mais próxima

Marconi Perillo não é mais Marconi. Mesmo antes da Operação Cash Delivery, ele já vinha adotando uma estratégia equivocada para a sua campanha ao Senado, baseada em mostrar o que fez em 20 anos de poder e, em troca, exigir o voto de gratidão dos goianos.

 

Isso não funciona. E Marconi sabe muito bem, pois, em 1998, venceu Iris Rezende, que tinha um currículo de realizações tão monumental quanto o seu, atualmente. Os goianos, cansados de PMDB, elegeram um jovem desconhecido que nunca havia construído nada na vida. Da mesma forma que agora estão escolhendo Ronaldo Caiado, que nunca exerceu cargos executivos.

 

Mas, com a Operação Cash Delivery, as coisas se complicaram. Montanhas de dinheiro vivo foram e estão sendo mostradas a toda hora, nas noticiosos da televisão. O ex-tesoureiro das campanhas do PSDB, Jayme Rincón, foi para a cadeia. E Marconi só escapou de ser preso porque está vigor uma vedação da legislação eleitoral impedindo a privação da liberdade dos candidatos entre 15 dias antes a dois dias após a data do pleito.

 

Caberia a Marconi, depois de um escândalo dessas proporções, dar explicações satisfatórias. Falar para a sociedade e não apenas para a sua militância. O que ele fez? Fechou-se em copas, comparecendo a eventos com plateias domesticadas, que gritam artificialmente o seu nome e se desesperam na tentativa de mostrar que tudo o o que vai mal, vai bem. E, uma semana depois da Cash Delivery, nenhum esclarecimento foi feito. Por que Marconi, por exemplo, não diz com clareza que, se Jayme Rincón recebeu algum dinheiro, ele não tem nada a ver com isso? Por que ele não condena as ações ilegais do seu ex-tesoureiro de campanha?

 

Falar apenas que a operação da Polícia Federal é “fofoca, mentira, maldade”, como Marconi fez em vídeo postado agora há pouco nas redes sociais(print acima), com cara de quase choro, é pouco. Não convence ninguém. E passa a ideia de que ele tem culpa, sim. A estratégia do ex-governador tucano para a sua defesa é burra. Mas tudo indica que é a única a que ele pode recorrer.

Página 32 de 119« Primeira...1020...3031323334...405060...Última »