Informações, análises e comentários do jornalista
José Luiz Bittencourt e convidados sobre política, cultura e economia

28 ago

Zé Eliton faz a primeira intervenção no debate da Televisão Brasil Central e… começa falando de passado, mostrando medidas que foram baixadas para o ajuste fiscal

O primeiro candidato a responder a uma pergunta no debate desta noite na Televisão Brasil Central é Zé Eliton.

 

E ele fala de passado, detalhando algumas medidas que foram adotadas, até agora, para promover o ajuste fiscal, reduzir despesas e racionalizar gastos. Ele cita o aplicativo lançado pelo governo para que os funcionários públicos se locomovam de táxi, fazendo economia ao evitar o transporte nos carros oficiais.

28 ago

Debate entre os candidatos a governador será daqui a pouco, às 20 horas, na Televisão Brasil Central

Começa logo mais, às 20 horas, na Televisão Brasil Central, o debate entre os candidatos a governador , com a participação de Ronaldo Caiado (DEM), Daniel Vilela (MDB), Zé Eliton (PSDB),  Kátia Maria (PT), e Weslei Garcia (PSOL). A TBC é de propriedade do governo de Goiás.

 

O debate será dividido em quatro blocos. No primeiro haverá perguntas de entidades diretamente aos candidatos, já o segundo terá pergunta direta de candidato para candidato. No terceiro bloco, cinco jornalistas convidados participam mediante sorteio e o quarto será dedicado às considerações finais. O mediador será o jornalista Enzo de Lisita, da própria TBC

28 ago

A 40 dias da eleição, cenário eleitoral mostra consolidação de Caiado para vencer no 1º turno e resume Zé Eliton e Daniel à esperança de que a TV tenha força para mudar a cabeça dos goianos

É perto de desesperador o quadro que se apresenta para Zé Eliton e Daniel Vilela no presente cenário eleitoral, em que as pesquisas de credibilidade apontam para a vitória de Ronaldo Caiado no 1º turno, com folgada margem de votos.

 

Do que foi feito até agora, nada adiantou para os candidatos do PSDB e do MDB. Eles continuam patinando no 2º lugar, empatados na faixa dos 10% de intenções de votos, insuficientes para deter a marcha inexorável do candidato democrata rumo a uma consagração nas urnas.

 

A esperança para os dois agora é o horário eleitoral no rádio e na televisão, que começa na próxima sexta-feira, dia 31. Zé (como seus marqueteiros o batizaram) e Daniel enfrentarão o desafio de se apresentarem, de algum modo, convincentes a ponto de tirar votos que hoje são de Caiado – o que parece muito pouco provável que consigam. Afinal, nenhum dos dois exibiu competências, até agora, a tal ponto que a suas simples aparições na telinha tenham a capacidade de arrastar para eles as preferências do eleitorado.

 

Para Zé Eliton e Daniel, não é exagero prever que só um milagre poderá levar um ou outro a algum tipo de crescimento capaz de forçar um 2º turno.

28 ago

Bastidores do debate na rádio Interativa FM: após ser chamado de “cara de pau” por Weslei Garcia, Zé Eliton repreendeu Jayme Rincón por pedir direito de resposta sem a sua autorização

Causou constrangimento dentro do estúdio da rádio Interativa FM, durante o debate desta segunda-feira entre os candidatos a governador, o pito que o tucano Zé Eliton aplicou no presidente da Agetop, Jayme Rincón, por ter solicitado sem seu consentimento um direito de resposta depois de uma fala supostamente ofensiva de Weslei Garcia.

 

O candidato do PSOL disse que compraria óleo de peroba para Zé Eliton, que seria um “cara de pau” ao insistir em listar realizações do governo em vez de apresentar propostas para os goianos.

 

Jayme Rincón(imagem acima tirada do Facebook da rádio Interativa, no vídeo do debate), que juntamente com o jornalista Jarbas Rodrigues havia recebido autorização para acompanhar o debate dentro do estúdio, como assessores de Zé Eliton, levantou-se imediatamente e foi até os coordenadores Zé Luiz e Pablo Kossa para pedir direito de resposta diante da “agressão” de Wesley.

 

Mas o governador ouviu e não titubeou: repreendeu o presidente da Agetop, disse que ele não estava autorizado a pedir direito de resposta em seu nome e que esse assunto era de decisão exclusiva dele, Zé Eliton. Em seguida, interrompeu o apresentador Zé Luiz para dizer que julgava a intervenção do candidato do PSOL como parte do jogo democrático e que dispensava a prerrogativa de reivindicar qualquer direito de resposta naquele caso.

 

Jayme Rincon ouviu calado, meteu o rabo entre as pernas, voltou desenxabido para o seu assento e não mais disse uma só palavra.

 

P.S. – Justiça se faça, Jayme Rincón levou a bronca, masestava certo. Em qualquer debate, quanto mais o candidato fala, mais vantagem teoricamente ele leva. O direito de resposta, caso tivesse sido concedido e provavelmente seria, daria a Zé Eliton a oportunidade de mais tempo para vender o seu peixe. Ele errou a dispensar a vantagem.

28 ago

Obsessão com segurança e com o passado afasta Zé Eliton do eleitor: confira Daniel Vilela na Iterativa sugerindo ao governador deixar a “bolha” do palácio e se aproximar mais da realidade dos goianos

Foi muito oportuna a fala do candidato do MDB a governador Daniel Vilela, no debate da rádio Interativa FM(vídeo acima, de 45 segundos, que ele postou no seu perfil no Instagram), quando disse que o governador Zé Eliton está vivendo preso ao passado, não tem propostas efetivas para Goiás e precisa urgentemente deixar a “bolha” do Palácio das Esmeraldas e se aproximar mais do cotidiano dos goianos.

 

Gostem ou não os tucanos, é a pura verdade. E verdades, quando são ditas, são absorvidas com mais facilidades, pois correspondem à realidade e portanto têm elevado poder de convencimento. E quem é que não sabe que Zé Eliton adora o papel de governador, porém é muito reticente e insosso ao vestir o figurino de candidato?

 

O discurso eleitoral do governador pode ser resumido na proposta de fazer o que já foi feito, ou seja, manter a Bolsa Universitária, o Vapt Vupt, a Renda Cidadã, o Cheque Moradia e por aí afora. E não é só ele: o ex-governador Marconi Perillo, postulante ao Senado e referência maior da campanha governista, também reza por esse rosário. O que eles esperam é que o eleitor prefira o nome de Zé Eliton em gratidão por tudo o que se fez nos últimos 20 anos, sem direito a pensar sobre o seu futuro.

 

E que o palácio é uma “bolha”, ninguém discute. Talvez tenha chegado a hora de um governador que, em vez de helicópteros, se desloque de carro mesmo, que viaje em aviões de carreira, que circule com menos segurança, aparecendo em uma pizzaria ou um restaurante qualquer de vez em quando e que se apresente sem o pavoneio do cargo. Este blog tem certeza, leitor, que você gostaria de alguém assim no Palácio das Esmeraldas a partir de 1º de janeiro próximo.

28 ago

Raquel Teixeira faz campanha com 8 seguranças à paisana, todos armados, e tem 3 superintendentes da Seduce sempre a seu lado, inclusive o que leva o pendrive com o jingle do Zé para animar as carreatas

A obsessão da campanha tucana com a segurança dos seus candidatos é muito maior do que se imagina.

 

Veja o caso da professora Raquel Teixeira, candidata a vice, sempre muito animada e misturada com o povo nas fotos e vídeos que posta nas redes sociais(veja exemplo acima, retirado das suas próprias redes sociais; dos candidatos, ela é disparadamente a mais extrovertida e cheia de energia).

 

Mas, por trás dessas imagens ufanistas, a realidade é outra. Raquel é protegida permanentemente por oito agentes de segurança, todos armados e tão à vontade que, segundo uma fonte deste blog que participou de algumas carreatas comandadas por ela, nem se preocupam em disfarçar as pistolas enganchadas na cintura.

 

Pelo menos três superintendentes da Seduce acompanham a candidata a vice (lembrando que o blog reconhece que as carreatas e eventos de que ela participa são sempre nos fins de semana e à noite). Um deles é João Batista Peres Júnior, mais conhecido como Júnior, superintendente de Ensino Médio. Júnior é quem leva o pendrive com o jingle do Zé, responsável, portanto, pela animação da galera tucana.

28 ago

Votos do PP e do PRB ainda não apareceram, aliás nem para Zé Eliton, que ficou com parte das bases desses partidos, nem para Daniel Vilela, que recebeu o apoio oficial deles

Onde estão os votos do PP e do PRB? pergunta o jornalista Divino Olávio, em sua coluna no jornal Diário Central.

 

Quase 15 dias depois que esses partidos se definiram pela coligação liderada por Daniel Vilela, o candidato do MDB continua situado nas pesquisas praticamente com os mesmos percentuais que tinha antes, na faixa de 10%. Da mesma forma, Zé Eliton, que anunciou ter o apoio de parte expressiva das bases desses dois partidos, também segue com os índices de sempre, empatado com Daniel Vilela, igualmente com 10%.

 

Quer dizer: ninguém sabe onde estão os votos do PP e do PRB, deixando ambos os candidatos – o emedebista e o tucano – na mão, empacados nas pesquisas. Segundo Divino Olávio, dada a desorientação provocada pelo racha interno das duas legendas, esses votos podem nem aparecer.

28 ago

Governo cancela assinaturas do Diário da Manhã, em uma retaliação que apequena Zé Eliton e mostra que a intolerância democrática ainda sobrevive em Goiás

O Diário da Manhã informa, na edição desta terça, que foi notificado pela Segplan, Agrodefesa, Vice-Governadoria, Agência Brasil Central e Secretaria de Desenvolvimento de que estão canceladas as assinaturas do jornal compradas por esses órgãos estaduais.

 

Sendo um ou outro, até seria possível admitir que o cancelamento poderia atender a algum tipo de percalço administrativo. Mas… cinco uma vez? Fica claro que se trata de ação concatenada, motivada pelas críticas que o DM publica eventualmente a propósito do governo do Estado.

 

Desse jeito Zé Eliton se apequena e fica muito abaixo do espírito de tolerância democrática exigido de quem governa e quer continuar governando Goiás.

28 ago

Vilmar Rocha, candidato a 1º suplente de Marconi, reúne prefeitos e bases do PSD e pede apoio… para Geraldo Alckmin. Sobre a candidatura de Zé Eliton, apenas palavras genéricas

O ex-deputado federal Vilmar Rocha está cumprindo a promessa que fez tão logo foi anunciada a escolha do seu nome para a 1º suplência de Marconi Perillo: não subiria no palanque e não pediria votos para Zé Eliton, a quem considerada “despreparado” e “inadequado” para governar Goiás – conforme repetidas declarações que deu de um ano para cá.

 

Nesta segunda, ele reuniu prefeitos, candidatos e bases do PSD no Hotel Papillon(foto acima), em Goiânia, para pedir apoio e empenho à candidatura… de Geraldo Alckmin à presidência da República. Sobre Zé Eliton, Vilmar se limitou a dizer que é importante a eleição da chapa majoritária apresentada pela coligação liderada pelo PSDB, principalmente, é claro, Marconi Perillo e Lúcia Vânia ao Senado, onde colaborariam com a governabilidade de um futuro governo Alckmin.

 

O nome do governador não foi mencionado.

28 ago

Primeiro debate na televisão entre os candidatos a governador de Goiás será realizado na noite desta terça na TBC

A Televisão Brasil Central promove, a partir das 20 horas desta terça-feira, o primeiro debate na TV entre os candidatos a governador de Goiás. Participarão os candidatos Ronaldo Caiado (DEM), Daniel Vilela (MDB), Zé Eliton (PSDB),  Kátia Maria (PT), e Weslei Garcia (PSOL). A TBC é de propriedade do governo de Goiás. Na medição de audiência, é avaliada como traço, ou seja, é assistida por 0,0 a 0,02% dos telespectadores.

 

O site A Redação informa que o debate será dividido em quatro blocos. No primeiro haverá perguntas de entidades diretamente aos candidatos, já o segundo terá pergunta direta de candidato para candidato. No terceiro bloco, cinco jornalistas convidados participam mediante sorteio e o quarto será dedicado às considerações finais. O mediador será o jornalista Enzo de Lisita, da própria TBC.

28 ago

Calendário das pesquisas: próxima é a do instituto Signates, pela rádio Sagres, pronta para divulgação a partir de quinta-feira, 30. Real Time, da Record, esperada para o fim do mês, não fez registro no TRE

A próxima pesquisa sobre as próximas eleições a ser publicada é a do instituto Signates, do conhecido professor Luiz Signates, da UFG, encomendada pela rádio Sagres. O registro no Tribunal Regional Eleitoral permite a divulgação do levantamento a partir da próxima quinta-feira, 30.

 

A outra pesquisa esperada para o fim deste mês seria a do Real Time Big Data, instituto ligado à Rede Record, mas não foi feito nenhum registro no TRE e portanto não há mais prazo para publicação ainda neste mês de agosto.

28 ago

Há sempre seguranças à esquerda e à direita de Zé Eliton. Ele já foi baleado e tem o direito de querer proteção, mas não faz sentido um candidato colocar homens armados entre ele e o eleitor

Mesmo antes de ser baleado em uma carreata em Itumbiara, na última campanha municipal, o governador Zé Eliton já cultivava o hábito de andar cercado de seguranças. Enquanto era vice-governador, deslocava-se em um carro seguido por dois outros lotados com agentes policiais. Tanto que, no incidente em Itumbiara, tão logo o atirador começou a disparar, sete seguranças surgiram do nada para revidar e matar o agressor (um deles foi atingido e morreu).

 

Tendo passado por uma circunstância extrema como essa, nada mais natural que Zé Eliton alimente temores quando a novos atentados. É compreensível. Mas a mensagem que esse comportamento passa, no caso de alguém que é candidato ao mais importante cargo do Estado e precisa demonstrar alguma proximidade com o eleitor, definitivamente não é positiva.

 

Veja as fotos acima, leitor, que resumem simbolicamente o comportamento do candidato tucano: em uma das carreatas no interior, no último fim de semana, ele saúda pessoas humildes nas calçadas. À direita, um segurança empoleirado no estribo da camionete está entre ele e, digamos assim, o povo. À esquerda, também. Ambos olham fixamente, atentos. Pode apostar, leitor, que os dois estão armados. Pode apostar também que há muitos outros por perto.

 

Nenhum dos outros candidatos majoritários, seja a governador, seja a senador, revela a mesma preocupação. Que vai mais longe: nas carreatas comandadas pela primeira-dama Fabrina Muller, ela também é vigiada de perto por uma tropa de guarda-costas. É só conferir as fotos no Instagram.

 

Quem disputa uma eleição e quer ganhar não pode ser protegido assim do eleitor.

27 ago

Assessor de comunicação de Zé Eliton posta explicações sobre a patacoada da “fake news” do hackeamento dos perfis tucanos e revela: governador não gostou e mandou dar ponto final imediatamente

O principal assessor de comunicação do governador Zé Eliton, o jornalista Jarbas Rodrigues, ex-titular da coluna Giro, em O Popular, postou na sua conta no Twitter explicações sobre o episódio da “fake news” do hackeamento dos perfis dos candidatos tucanos no Instagram.

 

Ele disse que não foi avisado da “brincadeira” e que, ao ver o que aparentava ser uma invasão de hackers no conta de Zé Eliton, tomou as providências inerentes ao caso, ou seja, comunicou ao setor jurídico da campanha, para as providências cabíveis.

 

Em seguida, procurou o governador para levar a informação, quando a má repercussão do episódio já provocava um recuo dos responsáveis pela operação – alarmados com as críticas e comentários negativos ao que deveria ser uma ação destinada a marcar a segunda-feira, 27, com uma homenagem diferenciada a Zé Eliton, aniversariante do dia.

 

Mas Zé Eliton, segundo Jarbas Rodrigues, não gostou e determinou o imediato cancelamento e esclarecimento do que se passava a todos os internautas. Mas já era tarde demais: a lambança já era alvo da cobertura de jornais como O Popular, que acreditou na “fake news” e deu a notícia do hackeamento na primeira página do seu site online.

 

Veja as postagens de Jarbas Rodrigues acima.

27 ago

Houve mesmo o atrito entre Marconi e o deputado Marcos Abrão, mas não foi em Palmeiras e sim no Tattersal da Pecuária, em Goiânia, na terça, durante o evento promovido por Zé Vitti

Apesar de desmentido, houve mesmo o atrito entre o ex-governador Marconi Perillo e o deputado federal Marcos Abrão, que trocaram impropérios e estiveram perto de algo mais sério. Mas não foi em Palmeiras: o desentendimento ocorreu no Tattersal da Pecuária de Goiânia, durante o evento promovido por Zé Vitti com os funcionários da Assembleia.

 

Os motivos da discussão vão também além dos aviões que estão transportando a tia de Marcos Abrão, a senadora Lúcia Vânia, aos eventos nos municípios. Inicialmente, a campanha tucana providenciou para ela um King Air, depois substituído por um Sêneca, que oferece pouco conforto e não tem escada. Tudo indica que o deputado reclamou dos gastos para fazer o proselitismo eleitoral da chapa liderada por Zé Eliton, que estariam priorizando a campanha de Marconi.

 

Por que essa “briga” tem importância? Ora, porque a senadora é temperamental e conhecida por suas reações imprevisíveis.

27 ago

Caiado fez o dever de casa no debate da rádio Interativa FM: mostrou tranquilidade e equilíbrio, foi educado e respeitoso com os adversários e reforçou a imagem de preparo e amadurecimento

O senador Ronaldo Caiado soube usar com maestria o debate promovido pela rádio Interativa FM, nesta segunda, entre os candidatos ao governo do Estado. E isso é da maior importância, pois ele lidera com folga as pesquisas e tem alta probabilidade de vencer no 1º turno.

 

Nunca se viu um Caiado tão tranquilo, falando com equilíbrio, educado e respeitoso com os adversários, tudo contribuindo para esquecer aquele outro Caiado de memoráveis brigas no Congresso Nacional – que agora mudou para mostrar ao eleitor goiano que é confiável e está amadurecido.

 

Com o seu comportamento cordial no debate, o senador democrata quis também estabelecer um diferencial em relação aos concorrentes e talvez tenha conseguido: ele estaria mais preparado e mais à altura de assumir o cargo número um do Estado que qualquer dos demais candidatos. Não passou nem perto de se abalar quando foi atacado e evitou dar o troco (quando, por exemplo, respondendo a Daniel Vilela, lembrou que votou a favor das 10 Medidas Contra a Corrupção, mas evitou citar que o emedebista votou contra).

 

Pode escrever, leitor: é exatamente esse o Caiado que estará nos próximos debates. O antigo, que perdia as estribeiras, não existe mais.

Página 50 de 108« Primeira...102030...4849505152...607080...Última »