Informações, análises e comentários do jornalista
José Luiz Bittencourt sobre política, cultura e economia

As 3 cobras de Vilmarzim são… ele mesmo

22 de julho de 2024

Há poucos dias, o prefeito de Aparecida Vilmar Mariano publicou um post no Instagram erroneamente avaliado pela imprensa como enigmático: “As três cobras mais perigosas do mundo: inveja, ingratidão e traição. Elas se escondem em qualquer lugar, até mesmo em abraços e sorrisos”, escreveu ele. Nada mais claro e direto. Vilmarzim estava se mirando no espelho quando produziu mais essa bravata. As cobras são… ele mesmo. E faltou a quarta: a cascavel, representando a burrice que marcou o comportamento do Mariano até ele perder as chances de se reeleger, como por exemplo, romper com seu antecessor e maior cabo eleitoral aparecidense Gustavo Mendanha.

27 de dezembro de 2022

As cartas dos leitores de O Popular e o desgaste diário de Rogério Cruz

Dia sim, no outro também, O Popular publica uma, duas, três e em uma certa edição até cinco reportagens negativas para o prefeito de Goiânia Rogério Cruz. Assunto não falta: serviços municipais ineficazes, lixo não recolhido, licitações suspeitas, crise com vereadores, entra e sai de secretários, inoperância administrativa, cestas básicas estocadas e se deteriorando, nomeações […]

27 de dezembro de 2022

Delúbio Soares está de volta, na Netflix e disfarçado de Olavo Noleto no governo Lula 3

Ora, ora, quem diria: o velho e impagável Delúbio Soares está de volta. Um dos símbolos mais reluzentes dos escândalos de corrupção nos governos petistas, astro do mensalão e do petrolão, ele submergiu após sair da cadeia (graças a um ótimo trabalho do advogado Pedro Paulo Medeiros, hoje um dos mais respeitados criminalistas do país) […]

27 de dezembro de 2022

Social é o trunfo que Rogério Cruz tem, até agora, para tentar a reeleição

O prefeito de Goiânia Rogério Cruz passou os seus primeiros dois anos de governo mergulhado em crises políticas, denúncias e impasses administrativos. Colheu uma derrota maiúscula ao lançar a mulher Thelma para a Assembleia Legislativa e engolir uma derrota não tão inesperada. Vive às turras com a Câmara Municipal e é obrigado a ouvir perguntas […]

23 de dezembro de 2022

Separar a Assembleia entre reeleitos e novatos é um erro

Nunca deu certo, na Assembleia Legislativa, a atuação dos 41 deputados tendo como premissa a sua divisão em reeleitos e novatos. Na Legislatura eleita em 2014, os novatos da época tentaram se unir em um grupo diferenciado para defender os seus interesses (quase sempre a respeito a cargos na Mesa Diretora) e tomaram derrotas sucessivas. […]

22 de dezembro de 2022

As dívidas de campanha e a sobrevivência mensal de Mendanha

Pela primeira vez em 20 anos, o ex-prefeito de Aparecida Gustavo Mendanha está sobrevivendo sem um salário mensal. Igualmente, a esposa Mayara. Desde que completou a maioridade, Mendanha entrou e nunca mais saiu da folha de pagamento da prefeitura aparecidense, primeiro como funcionário comum, depois secretário municipal de Esportes, em seguida vereador, presidente da Câmara […]

21 de dezembro de 2022

O erro fatal de Rogério Cruz com o programa Goiânia Adiante

O prefeito de Goiânia Rogério Cruz está entusiasmado com o chamado programa Goiânia Adiante, segundo ele com a garantia de recursos de R$ 1,7 bilhão de reais para investimentos na construção de obras estruturantes de impacto nos próximos dois anos – a tempo, imagina, de provocar uma reversão política e viabilizar a sua hoje pouco […]

21 de dezembro de 2022

Todo líder do governo na Assembleia se transforma em presidente

Não é mais que o cumprimento de uma tradição antiquíssima da Assembleia Legislativa a ascensão do líder do governo Bruno Peixoto ao posto mais elevado da Casa, ou seja, a presidência. Desde priscas eras, menos quando houve ruptura de regime, por exemplo, quando o período de poder do então PMDB se encerrou com a vitória […]

20 de dezembro de 2022

Palhaçada de Gayer tem cheiro de coisa velha e rançosa

É triste ver alguém que foi eleito para um mandato importante como o de deputado federal mostrar o comportamento que Gustavo Gayer exibiu na cerimônia de diplomação do Tribunal Regional Eleitoral. O rapaz tentou atrair atenção arrancando o diploma da mão do juiz Itaney Campos, presidente do TRE, saltar do palco e ir embora gritando […]

20 de dezembro de 2022

Caiado faz o discurso perfeito na cerimônia de diplomação do TRE

Discursos perderam a importância em um mundo de redes sociais e divulgação acelerada de tudo o que acontece via internet. São coisa do passado. Costumam ser chatos, quase ninguém liga. Ainda assim, eventualmente, merecem alguma atenção. O que Lula vai receitar na sua posse, no Congresso Nacional, em 1º de janeiro, por exemplo. Vai se […]

17 de dezembro de 2022

Orçamento para 2023 aprovado pela Assembleia consolida uma façanha de Caiado

O orçamento do Estado para 2023, aprovado nesta semana pela Assembleia Legislativa, é um documento escrito em linguagem matemática, quase inacessível para a maioria leiga. O importante é que consolida uma situação perseguida por todos os governadores do passado, porém alcançada única e exclusivamente por Ronaldo Caiado: o equilíbrio entre as receitas e as despesas […]

16 de dezembro de 2022

Bolsa-arma para mulheres vítimas de violência é um delírio inconsequente

Foi aprovado pela Assembleia Legislativa – em um quase certo momento de descuido do plenário – um projeto delirante do deputado Major Araújo propondo uma ajuda de R$ 2 mil reais para que mulheres vítimas de violência doméstica possam comprar uma arma e supostamente se defender de agressões. Pode ter sido uma concessão dos parlamentares […]

15 de dezembro de 2022

O longo braço de Moraes pode chegar a Goiás? Já chegou

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Morais, também presidente do Tribunal Superior Eleitoral, intensificou as ações de repressão aos bolsonaristas que perseveram em contestar o resultado das urnas e pedem a intervenção das Forças Armadas. Seis Estados foram alvo de operações da Polícia Federal, determinadas por Moraes, entre prisões, tornozeleiras eletrônicas e ações […]

15 de dezembro de 2022

Marconi, tal como Iris depois de 2 derrotas, precisa achar um novo “patamar”

Quando é derrotado em uma eleição, ou duas, ainda por cima de forma massacrante, um político precisa se reinventar e procurar um novo patamar, claro, mais baixo que o anterior, para tentar uma ressurreição – e não há exemplo maior, em Goiás, do que Iris Rezende, ao perder para o governo do Estado em 1998 […]