Informações, análises e comentários do jornalista
José Luiz Bittencourt sobre política, cultura e economia

Aprovação elevada abre caminho para Caiado quebrar o tabu em Goiânia

23 de julho de 2024

O governador Ronaldo Caiado segue como o mais aprovado da história em Goiás. Na última pesquisa Serpes, passou dos 72% na soma dos quesitos bom e ótimo. Esse é o cacife que credencia Caiado para influenciar a eleição em Goiânia e se tornar o primeiro governador a quebrar o tabu da hostilidade do eleitorado da capital com os inquilinos do Palácio das Esmeraldas. Um sinal inequívoco está na pontuação de Sandro Mabel no levantamento do Serpes, com 14,8%, muito próximo dos líderes Vanderlan Cardoso (20%) e Adriana Accorsi (19%). Cientistas políticos acreditam que Caiado pode, sim, eleger Mabel.

19 de abril de 2024

De 3 estágios, projeto presidencial de Caiado já avançou 2

Para um político consagrado que ambiciona a candidatura a presidente da República, é necessário cumprir 3 estágios: credenciamento, viabilização e efetivação. Ou seja: mostrar condições para enfrentar esse desafio, construir um projeto com amplitude nacional e no final das contas transformar todas essas positividades em uma hipótese concreta para o Palácio do Planalto. Nesse sentido, o governador Ronaldo Caiado já foi bem sucedido nas 2 etapas iniciais e agora depende do tempo a transcorrer até meados de 2026 para se tornar de fato um pretendente com chances de vitória. E ele está próximo disso.

18 de abril de 2024

Há vagas de vice à vontade, mas faltam nomes em Goiânia, Anápolis e Aparecida

Em Goiânia, Anápolis e Aparecida os titulares das chapas que vão disputar as respectivas prefeituras nas eleições deste ano já estão oficializados. Ao contrário, seguem em aberto as definições sobre quem serão os vices de Adriana Accorsi (PT), Sandro Mabel (UB), Gustavo Gayer (PL) e Vanderlan Cardoso (PSD), em Goiânia; do nome a ser escalado pela base governista, provavelmente Leandro Vilela (MDB), versus o Prof. Alcides (PL) em Aparecida, este o único até agora já resolvido, com o ex-deputado Max Menezes como companheiro de chapa; e de Antonio Gomide (PT), Márcio Correa (PL) e Eerizânia Freitas (UB), em Anápolis. Fora Alcides, em Aparecida, portanto, ninguém está por ora preocupado em preencher uma vaga que paradoxalmente pode ter importância em determinadas circunstâncias, como se viu em Goiânia e Aparecida com a ascensão de Rogério Cruz e Vilmar Mariano, mas pouco influi na campanha eleitoral.

17 de abril de 2024

Exclusivo: empréstimo do BRICS para Aparecida está inviabilizado

O empréstimo do banco do BRICS que colocaria R$ 600 milhões nas mãos do prefeito de Aparecida Vilmar Mariano para tocar um programa de obras às vésperas da eleição municipal está inviabilizado. A Secretaria do Tesouro Nacional comunicou ao prefeito que um item constitucional, a observância de um limite máximo de 95% na relação entre despesas e receitas correntes, não foi cumprido por Aparecida em 2023 e que, portanto, nenhuma operação de crédito pode ser autorizada, conforme prescrito na Carta Magna. Mesmo assim, Vilmarzim segue anunciando dispor de R$ 600 milhões para implantar o maior canteiro de obras do país, enquanto a sua gestão afunda em dificuldades financeiras.

16 de abril de 2024

Caiado é o parâmetro que Mabel deveria seguir, bastaria isso

O empresário e ex-deputado Sandro Mabel, candidato da base governista em Goiânia com o apoio direto e ostensivo do governador Ronaldo Caiado, já produziu uma coleção de gafes e segue diariamente distribuindo asneiras a torto e a direito. Mabel deveria se mirar no exemplo do próprio Caiado, um político conhecido pela seriedade, responsabilidade e história limpa de vida – que, absolutamente, não fala bobagens e exibe 100% de comprometimento com o bem coletivo. Fale menos, Mabel. E só sobre o que importa para o futuro das goianienses e dos goianienses.

14 de abril de 2024

Empresários, políticos, pastores e Mabel não querem Leandro Vilela. Saiba porquê

Uma conspiração de políticos, empresários, pastores evangélicos e até envolvendo o candidato a prefeito de Goiânia Sandro Mabel trabalha dia e noite pela renovação do mandato de Vilmar Mariano em Aparecida. Eles não querem arriscar a perder o controle das benesses municipais seja com a eleição do Prof. Alcides seja com a candidatura – de fato renovadora e com grandes chances de vitória – do ex-deputado federal Leandro Vilela, o único neste momento histórico capaz de recolocar o município no rumo desenvolvimentista traçado pelas gestões de Maguito Vilela. Com Vilmarzim, sem personalidade e sem identidade, fica mais fácil manter o controle de um poder administrativo que tem o terceiro maior orçamento do Estado.

13 de abril de 2024

Perseguição de O Popular à PM reflete a visão da esquerda de que toda polícia é má

O Popular tem se esmerado em publicar uma sequência de reportagens em que a regra é transformar irregularidades isoladas em parâmetros da atividade da Polícia Militar do Estado de Goiás. Nesta semana, chegou ao auge de sugerir que as promoções dos soldados e oficiais da corporação são manipuladas para estimular a letalidade policial e com isso reduzir a ocorrência de crimes. Paciência, leitoras e leitores: o jornal da família Câmara não ousa dizer, mas é favorável à extinção da PM, que seria intrinsecamente má, dentro da visão esquerdoide de que toda polícia é ruim e a bandidagem, apenas reflexo inevitável das desigualdades sociais – e, portanto, bandido deve ser tratado como um pobre coitado que justificadamente recorre à violência por não ter outra saída. .

12 de abril de 2024

Desafio de Mabel é se mostrar à altura do apoio de Caiado

Com 44% dos votos em Goiânia e uma taxa de aprovação popular recorde de 86% em todo o Estado, conforme atestado pela pesquisa nacional Genial/Quaest divulgada nesta semana, o governador Ronaldo Caiado tem poder e força para impulsionar o candidato que apresentou para a prefeitura da capital – o empresário e ex-deputado federal Sandro Mabel. No entanto, não será algo assim automático. Mabel precisa corresponder às expectativas depositadas sobre os seus ombros por um governador plenamente capaz de influenciar a eleição, desde que o seu “afilhado” se mostre à altura. Se o candidato fechar a boca e parar com as gafes em série seria meio caminho andado.

11 de abril de 2024

O incrível recorde de Caiado na aprovação do seu governo: 86%

O governador Ronaldo Caiado acaba de registrar novo recorde: obteve 86% de aprovação popular na pesquisa realizada em parceria pelos institutos Genial/Quaest, à frente de governadores como Tarcísio de Freitas, de São Paulo; Romeu Zema, de Minas Gerais; e Ratinho Jr., do Paraná, todos desde já pré-candidatos a presidente da República em 2026. Caiado está consolidado como o governador de maior avaliação positiva do Brasil. Confiram os números, leitoras e leitores.

11 de abril de 2024

Filiação ao UB só adiou o já sabido: Vilmarzim não será candidato

Iludido pela crença de que, até o início de junho, conseguirá reduzir à metade a diferença de praticamente 30 pontos que o separa do Prof. Alcides, o prefeito de Aparecida Vilmar Mariano vai dia e noite a cultos evangélicos e “inspeciona” obras para tentar mostrar proatividade e subir nas pesquisas. Não existe milagre: ninguém, em tão curto prazo, jamais conseguiu um salto dessa proporção. Ao se filiar ao União Brasil, o prefeito caiu em uma frigideira, onde, em fogo não tão lento, será torrado até virar pó.

11 de abril de 2024

Vingança: Vanderlan trabalha para minar o bolsonarismo em Goiás

Transformado em “persona non grata” pelo bolsonarismo desde que se mudou para a base de sustentação do presidente Lula no Senado, Vanderlan Cardoso passou a trabalhar em Goiás para minar os interesses dos seguidores de Jair Bolsonaro. Um exemplo foi o que fez em Aparecida, ao se recusar a receber o ex-prefeito Ademir Menezes e o seu filho e ex-deputado Max Menezes, que, em nome do PSD, declararam apoio ao candidato a prefeito Prof. Alcides e se preparavam para figurar na chapa do PL com a indicação de Max para a posição. Os Menezes perderam uma semana atrás de Vanderlan, sem conseguir falar com ele. Na última hora, para garantir a vice do Prof. Alcides, optaram por filiar Max ao PL – o que deu certo: o que Alcides queria era Max na sua chapa e não o PSD.

9 de abril de 2024

Poeira se assenta em Goiânia, todos agora de olho nas pesquisas

O cenário para as eleições municipais deste ano em Goiânia já está montado: Adriana Accorsi (PT); Vanderlan Cardoso (PSD); Gustavo Gayer (PL); Sandro Mabel (UNIÃO); e o determinado Rogério Cruz (SDD) em busca da reeleição. Com os principais nomes definidos, faltam agora as pesquisas que irão orientar as campanhas, desde que produzidas por institutos de credibilidade como Serpes, Fortiori ou Diagnóstico. No Tribunal Regional Eleitoral, nenhum deles registrou por enquanto algum levantamento – criando uma nuvem de suspense sobre a corrida pelo Paço Municipal.

8 de abril de 2024

Vídeo: “Vilmar não é preparado para administrar”, reconhece Mabel

Para o empresário e candidato a prefeito de Goiânia Sandro Mabel não há dúvidas de que o prefeito de Aparecida Vilmar Mariano “não tem preparo para administrar”, o que torna difícil para a base governista apoiar a sua reeleição. Mabel falou ao programa Politheia, da TV Fonte da Vida, logo após a filiação de Vilmarzim ao União Brasil, sob a condição de reagir nas pesquisas em 60 dias ou desistir da candidatura. O vídeo está bombando nas redes sociais. Confiram, leitoras e leitores.

8 de abril de 2024

Adib escolhe seu próprio coveiro como candidato a prefeito de Catalão

Adib Elias passou meses, mas finalmente oficializou o seu candidato para a prefeitura de Catalão: será o ex-prefeito e ex-secretário municipal de Saúde Velomar Rios, acompanhado do primo de Adib e ex-secretário municipal de Administração Nelson Fayad como vice. Adib cedeu à pressão das pesquisas, que traziam Velomar em 1º lugar, mesmo avisado dos riscos de repetição do golpe que sofreu depois de eleger Velomar em 2008: sua mulher, Adriety Elias, foi derrotada na tentativa de reeleição para a Assembleia, no meio do mandato de Velomar, e ele mesmo, Adib, perdeu a prefeitura para Jardel Sebba, no final. O que sempre se disse no entorno do prefeito é que Velomar foi o seu coveiro. E será novamente.

7 de abril de 2024

Como e por que a eleição em Aparecida tornou-se tão importante quanto em Goiânia

A importância de Aparecida no cenário estadual não se justifica apenas pelo tamanho do seu eleitorado, hoje o 2º maior do Estado, como também pela mudança de paradigmas no posicionamento estratégico do município a partir das duas gestões de Maguito Vilela como prefeito. Transformada em potência industrial, a cidade se projetou no contexto estadual, além de servir de base de operações para as duas lideranças de mudança geracional em ação hoje no Estado – o vice-governador Daniel Vilela, favorito para a sucessão do governador Ronaldo Caiado, e o ex-prefeito Gustavo Mendanha, ambos na faixa dos 40 anos. É por isso que a definição sobre o futuro prefeito de Aparecida tem tanta importância, talvez em grau de igualdade com Goiânia.

5 de abril de 2024

Tudo pelas pesquisas: Vilmarzim procura criança desaparecida no mato

Tendo a sua filiação aceita no União Brasil do governador Ronaldo Caiado, sob a condição de demonstrar a curto prazo que a sua reeleição é viável, o prefeito de Aparecida Vilmar Mariano já começou a “reagir”, isto é, protagonizar ações que teoricamente imagina melhorar a sua popularidade. Na manhã desta sexta, 5, ele foi para o mato do bairro Cidade Livre, com o uniforme da Defesa Civil, para “ajudar” nas buscas pela garota Samila Victoria, arrastada pela enxurrada no final da tarde de quinta, 4. Vilmarzim prova que vai fazer de tudo para escalar a sua pontuação nas pesquisas.