Informações, análises e comentários do jornalista
José Luiz Bittencourt sobre política, cultura e economia

10 set

Bomba fiscal: governo Zé Eliton manipula recursos para pagar a folha, suspende parcela da dívida, não repassa aos bancos o dinheiro dos consignados, implanta cotas no Ipasgo e atrasa a Bolsa Universitária

O governo Zé Eliton nega, mas está enfrentando dificuldades crescentes para manter o funcionalismo em dia.

 

Recursos carimbados, como no caso dos R$ 70 milhões do Salário Escola e do transporte escolar, estão sendo manipulados para gerar fundos para o pagamento da folha. A parcela da dívida do Estado referente ao mês de agosto não foi quitada – o valor é superior a R$ 200 milhões. Os bancos que fizeram empréstimos consignados aos servidores também estão sem receber há dois meses.

 

O Ipasgo passa por uma fase negra. Hospitais, médicos e laboratórios receberam cotas para o atendimento dos funcionários estaduais. Essas cotas se esgotam rapidamente e levam os usuários do instituto ao desespero.

 

As universidades e faculdades que têm crédito a receber do programa Bolsa Universitária também estão em atraso, algumas há oito meses.

 

Uma bomba fiscal está com o rastilho aceso e vai explodir logo depois das eleições.