Informações, análises e comentários do jornalista
José Luiz Bittencourt sobre política, cultura e economia

10 set

Última pesquisa Serpes/O Popular confirma mais uma vez que os programas do horário eleitoral no rádio e na TV não despertam o interesse do eleitor e não influenciam na decisão de voto

A pesquisa Serpes publicada no domingo, 9, pelo jornal O Popular, confirma mais uma vez a falta de importância dos programas do horário eleitoral no rádio e na TV.

 

Foi apresentada uma pergunta aos eleitores: “O que pesará na hora de decidir o seu voto”. Apenas 1,5% citaram, na resposta, o chamado palanque eletrônico. Confira o percentual, leitor: 1,5%.

 

A maioria dos entrevistados, ou exatamente 39,7%, informou que levará em consideração o fato do candidato ser ou não ficha limpa.

 

Atoladas nas pesquisas, na faixa dos 10% das intenções de votos, as campanhas de Zé Eliton e Daniel Vilela continuam apostando na força do horário eleitoral para tentar crescer e forçar o 2º turno com Ronaldo Caiado.