Informações, análises e comentários do jornalista
José Luiz Bittencourt sobre política, cultura e economia

16 set

Salve-se quem puder(6): candidatos proporcionais desatrelam-se da candidatura de Zé Eliton e se afastam também de Marconi e Lúcia Vânia, que desaparecem do material de campanha

O fiasco do governador Zé Eliton nas pesquisas está levando a um movimento desesperado por sobrevivência eleitoral entre os candidatos proporcionais da coligação chefiada pelos tucanos.

 

Neste domingo, em O Popular, o candidato a deputado estadual pelo PSDB Gustavo Sebba puxa a orelha dos colegas, que não estariam se empenhando na campanha majoritária, deixando de dar o apoio necessário a Zé Eliton, Marconi Perillo e Lúcia Vânia.

 

Mas o próprio Gustavo Sebba é exemplo da estratégia de tentar fugir a qualquer preço do contágio negativo das candidaturas majoritárias – estratégia que ele condena, mas adota. Veja o material de campanha(print acima) que ele e seu parceiro de dobradinha Jean Carlo, que disputa vaga na Câmara Federal, também pelo PSDB, estão distribuindo nas redes sociais. Não há qualquer referência ao Zé. E muito menos a Marconi e a Lúcia Vânia.

 

Na base governista, é cada um por si e Deus por todos.