Informações, análises e comentários do jornalista
José Luiz Bittencourt sobre política, cultura e economia

04 jul

Segundo a comunicação palaciana, “José Eliton e Fabrina incluem mais 10 mil estudantes no programa Bolsa Universitária”. Isso está errado e não é republicano: é o governo que inclui, não o casal governamental

A comunicação do Palácio das Esmeraldas distribuiu release nesta terça-feira informando, na manchete, que o casal “José Eliton e Fabrina incluem mais 10 mil estudantes no programa Bolsa Universitária”.

 

Errado. E muito errado. Além de não ser republicano. Quem inclui, quem executa o programa Bolsa Universitária é o governo do Estado, através da Organização da Voluntárias de Goiás, não o casal Zé Eliton e sua mulher Fabrina Muller. E tanto está equivocado setor de comunicação palaciana, no seu afã de promover o governador e a primeira dama como Péron e Evita redivivos, que o site A Redação, dirigido pelo experimentado jornalista João Unes, publicou o release, mas corrigiu o título para: “OVG inclui 10 mil estudantes goianos no programa Bolsa Universitária”.

 

Na época do então governador Marconi Perillo, ele e sua mulher, Valéria, jamais “incluíram” ninguém no programa Bolsa Universitária. Quem o fazia era a OVG e o governo de Goiás.