Informações, análises e comentários do jornalista
José Luiz Bittencourt sobre política, cultura e economia

01 out

Justiça Federal nega habeas-corpus para Jayme Rincón e seu filho Rodrigo, diz que as provas são contundentes e, ainda assim, Zé Eliton não o demite da presidência da Agetop

O desembargador Kassio Marques, do Tribunal Federal de Recursos da 1ª ~Região, negou habes-corpus em favor de Jayme  Rincón e do seu filho Rodrigo, presos pela Operação Cash Delivery na última sexta-feira, em Goiânia.

 

A Operação Cash Delivery investiga o pagamento de propinas da Odebrecht ao ex-governador e candidato ao Senado Marconi Perillo, que teve endereços devassados por equipes da Polícia Federalo, também na sexta.

 

Segundo o desembargador, há provas contudentes do envolvimento de Jayme e o filho com as atividades criminosas do grupo, que seria comandado por Marconi.

 

Até agora, três dias depois da sua prisão, Jayme Rincón não foi demitido da presidência da Agetop, da qual se licenciou para trabalhar como coordenador-geral da campanha de Zé Eliton.