Informações, análises e comentários do jornalista
José Luiz Bittencourt sobre política, cultura e economia

12 set

QG tucano sabia que Caiado iria romper o teto e subir nas pesquisas, foi avisado de que essa tendência de alta continua e também alertado de que Zé Eliton segue sem reação

A última pesquisa do instituto Serpes, publicada no domingo passado em O Popular, mostrando Ronaldo Caiado em alta, com 42,3% das intenções de votos, já era aguardada pelo alto comando da base governista.

 

O Serpes está trabalhando para a campanha do PSDB (o que é normal) e já havia entregue um levantamento onde Caiado passava dos 43%, o que corresponde ao resultado publicado por O Popular, dentro da margem de erro.

 

A ultrapassagem dos 43% foi confirmado peja pesquisa do instituto Diagnóstico, no Diário da Manhã desta terça, em que Caiado apareceu com 43,5%.

 

O QG tucano está com os cabelos arrepiados: foi alertado de que o movimento inesperado de alta do candidato democrata ainda tem fôlego e que não há o menor sinal de reação de Zé Eliton.