Informações, análises e comentários do jornalista
José Luiz Bittencourt sobre política, cultura e economia

14 set

Em áudios distribuídos via internet, Raquel Teixeira faz críticas a Marconi por medidas adotadas na Educação, denuncia funcionários fantasmas no gabinete da Seduce e fala em descontrole de pessoal

Às vésperas da data da eleição, áudios que estão circulando na internet trazem falas comprometedoras da ex-secretária da Educação e candidata a vice na chapa do PSDB, Raquel Teixeira.

 

Em uma das gravações, Raquel faz críticas ao então governador Marconi Perillo por medidas adotadas na área da Educação, como a extinção das 40 regionais, e define essas ações como “política do mal”. Ela parece não saber que está sendo “grampeada”.

 

Embora sem datação, os áudios, obviamente, são antigos, da época em que, no início da quarta gestão de Marconi, ela assumiu a pasta da Educação. Raquel diz que encontrou o gabinete com mais de 80 funcionários fantasmas e revela que nas escolas havia completo descontrole de pessoal(ouça este, acima).