Informações, análises e comentários do jornalista
José Luiz Bittencourt sobre política, cultura e economia

18 set

A verdadeira “virada”, que vem vindo aí e já está bem caracterizada nas pesquisas de credibilidade, não tem nada a ver com Zé Eliton: é Kajuru e Vanderlan em alta e a derrota de Marconi e Lúcia Vânia

A campanha da coligação liderada pelo PSDB passou o último fim de semana falando em “virada”, baseando-se em uma pesquisa sem credibilidade que apontou Zé Eliton com espetaculares 26% das intenções de voto. Mas novas pesquisas, de institutos sérios, estão chegando e mostrando que a realidade é outra bem diferente: não está havendo reviravolta nenhuma na eleição para governador, Ronaldo Caiado segue vencendo no 1º turno com ampla margem de frente, porém a disputa pelas duas vagas ao Senado embolou, como dois empates técnicos, o de Kajuru com Marconi Perillo e o de Lúcia Vânia com Vanderlan.

 

Se houver alguma “virada” nesta eleição, é a ascensão de Kajuru e Vanderlan, assumindo as primeiras posições na corrida senatorial e derrotando Marconi e Lúcia. Pela pesquisa do instituto Diagnóstico, publicada nesta terça-feira no Diário da Manhã, Marconi ficou no mesmo lugar, Kajuru subiu quase 3 pontos, Lúcia caiu mais de 4 pontos e Vanderlan também ficou em posição idêntica à rodada anterior. A novidade é que Kajuru, na pesquisa espontânea, agora está em 1º lugar, com 14,1%, enquanto Marconi passou para a segunda posição, com 13,5%. Lúcia Vânia tem 9,9% e Vanderlan 8,7%.