Informações, análises e comentários do jornalista
José Luiz Bittencourt sobre política, cultura e economia

19 set

Verdadeira “virada” da eleição é a que as pesquisas estão mostrando: na corrida pela duas vagas ao Senado, Kajuru e Vanderlan estão em alta, Marconi está estagnado e Lúcia Vânia em queda

A campanha liderada pelo PSDB comemora uma “virada” inexiste que estaria ocorrendo com o suposto crescimento de Zé Eliton nas pesquisas “fakes”, mas não nas verdadeiras, aquelas realizadas pelos institutos de credibilidade como o Diagnóstico e o Grupom, que acabam de apontar um cenário de estabilidade na eleição para o governo – com Ronaldo Caiado ganhando no 1º turno e Zé e Daniel Vilela empatados no 2º lugar, na faixa dos 10 a 13%, ambos 30 pontos atrás do candidato democrata.

 

Mas uma virada real, segundo essas mesmas pesquisas, vem vindo aí e atinge em cheio os candidatos da base governista ao Senado, Marconi Perillo e Lúcia Vânia. O Diagnóstico e o Grupo mostraram que, em ascensão, Jorge Kajuru e Vanderlan Cardoso estão chegando ao empate técnico com Marconi e Lúcia. Kajuru já divide o 1º lugar com Marconi, que tem a maior rejeição dentre todos os candidatos majoritários, 44%, segundo o Grupom. E Vanderlan encostou em Lúcia Vânia, que entrou em processo de perda de pontos nas pesquisas. Kajuru e Vanderlan lideram com força em Goiânia e região, onde estão concentrados 50% de todos os votos do Estado.

 

A virada, que ninguém esperava, está começando a acontecer. Na campanha para o Senado.