Informações, análises e comentários do jornalista
José Luiz Bittencourt sobre política, cultura e economia

21 set

Apitou o alarme de incêndio: com a pesquisa Ibope/TV Anhanguera, campanha de Zé Eliton entra em clima de velório, pior ainda com a perspectiva de derrota de Marconi

A pesquisa Ibope/TV Anhanguera desta sexta-feira à noite fez baixar um inevitável clima pesado de velório sobre a campanha do governador Zé Eliton, que manteve a mesma pontuação de sempre, continua empatado tecnicamente com Daniel Vilela em 2º lugar e agora a 34 pontos de Ronaldo Caiado – o que corresponde a quase 1.400.000 votos de frente para o candidato democrata.

 

Lançar Zé para o governo foi uma loucura do PSDB e partidos aliados que vai custar caro. Mas os dados que o Ibope trouxe para a disputa pelas duas vagas ao Senado agravam ainda mais a deprimente situação da campanha tucana: o ex-governador e líder maior do Tempo Novo está empatado em 1º lugar com Jorge Kajuru e Vanderlan Cardoso, pela uma ínfima diferença de um ponto.

 

Um ponto. Na definição de um militante apaixonado do PSDB, “Zé já era e Marconi tá lascado”.

 

Vem aí o desfecho esperado para o governo e inesperado para o Senado em uma das mais significativas eleições da história política de Goiás. Para azar dos tucanos.