Informações, análises e comentários do jornalista
José Luiz Bittencourt sobre política, cultura e economia

21 set

Governo convoca tropa da PM para reunião eleitoral, sob pretexto de “prestação de contas sobre ações de segurança”, que nunca houve antes, e será feita por Zé Eliton em horário de expediente

O governo do Estado convocou uma grande reunião com a tropa da PM, a se realizar no Tattersal da Pecuária no próximo dia 25, terça-feira, às 16:30 horas, com a presença do governador e candidato Zé Eliton.

 

O pretexto é uma “prestação de contas sobre ações de segurança 2018”, ano que ainda está a pouco mais de três meses do encerramento. Essa “prestação de contas” nunca foi realizada antes, pelo menos com a ampla mobilização dos quadros da Polícia Militar que está sendo feita. É óbvio, portanto, que a motivação é eleitoral. Todos os oficiais, alunos soldados e praças, sem exceção, estão sendo convocados para o evento, em caráter obrigatório, com exceção apenas de quem estiver em serviço – conforme prescreve a ordem que o comando da PM enviou a todos os comandantes de batalhões. O fardamento é exigido.

 

Em plena campanha eleitoral, trata-se de uma atitude ousada da campanha tucana, desafiando as limitações legais para criar plateias artificiais para a promoção da candidatura de Zé Eliton, sob a desculpa esfarrapada de “prestação de contas” de um ano que está longe de terminar.