Informações, análises e comentários do jornalista
José Luiz Bittencourt sobre política, cultura e economia

23 set

Zé Eliton e Marconi continuam alardeando o apoio de mais ou menos 200 prefeitos, mas até agora sem reflexo nas pesquisas. Em 1998, Iris tinha 213, mas perdeu para Marconi, que foi apoiado por apenas 33

Zé Eliton e Marconi Perillo não aprendem: os dois continuam alardeando o apoio de mais ou menos 200 prefeitos, inclusive com um evento em Goiânia, na semana passada, em que mais da metade teria comparecido para confirmar o apoio e o trabalho pelos dois.

 

Pois, até agora, nada apareceu do “esforço” desses supostos 200 prefeitos. Zé continua nas pesquisas onde sempre esteve, empatado em 2º lugar com Daniel Vilela, que não tem 10 prefeitos ao seu lado. Ronaldo Caiado, com um número um pouco maior, lidera absoluto. Mas, mesmo assim, a campanha tucana continua depositando fé nesse exército municipal, tanto que, na semana passada, reuniu parte dele em Goiânia, para mostrar força  – força que não aparece nas pesquisas.

 

Em 1998, Iris Rezende tinha ao seu lado 213 prefeitos. Marconi Perillo somava apenas 33. No final, o resultado foi o que se sabe.