Informações, análises e comentários do jornalista
José Luiz Bittencourt sobre política, cultura e economia

03 out

Cinco dias depois da prisão de Jayme Rincón e só após a decretação da sua preventiva, governador Zé Eliton se mexe e o demite da presidência da Agetop

O governador Zé Eliton finalmente demitiu o empresário e seu coordenador-geral de campanha Jayme Rincón da presidência da Agetop, a agência que coordena todas as obras estaduais e administra um orçamento milionário.

 

A exoneração veio depois de transcorridos cinco dias desde a prisão de Rincón, na manhã da última sexta-feira, 28 de setembro, no curso da Operação Cash Delivery, que investiga o pagamento de propinas ao ex-governador Marconi Perillo.

 

O decreto de demissão, segundo o Palácio das Esmeraldas, sairá no Diário Oficial desta quinta-feira, 4. No debate entre os candidatos a governador, na TV Anhanguera, na noite de terça-feira, 2, Zé Eliton passou por um momento de constrangimento quando Weslei Garcia, do Psol, perguntou a ele até quando Jayme Rincón continuaria recebendo o salário de presidente da Agetop.