Informações, análises e comentários do jornalista
José Luiz Bittencourt sobre política, cultura e economia

12 nov

Crise financeira do Estado cada vez mais profunda: Sefaz não consegue quitar a folha de outubro e pede prazo ao funcionalismo até dia 22

O governo do Estado não conseguiu cumprir o seu tradicional cronograma de pagamento da folha de pessoal, que sempre se deu no dia 31 de cada mês, para quem ganha até R$ 3,5 mil reais, e no dia 10 do mês seguinte para os salários de valor superior.

 

O mês de outubro foi pago no dia 31 do mesmo mesmo. Daí para a frente, a coisa complicou. No dia 10, poucos servidores receberam. Para esta segunda-feira, dia 12, está prometido mais um lote. O restante só terá os vencimentos depositados no dia 22, conforme informação distribuída pela própria Secretaria da Fazenda.

 

Daqui para a frente, quanto aos salários, será o que Deus quiser para os funcionários estaduais.