Informações, análises e comentários do jornalista
José Luiz Bittencourt sobre política, cultura e economia

01 jan

Melhor momento de Talles Barreto, que nesse ponto não foi vaiado, é a crítica à importação de nomes para o secretariado: “Antes, era o contrário, nós é que tínhamos talentos a oferecer a outros Estados”

O melhor momento do discurso do deputado Talles Barreto, do PSDB, na solenidade de posse de Ronaldo Caiado no plenário da Assembleia Legislativa, trouxe uma dura crítica à importação de nomes para a equipe do novo governo.

 

A plateia, que vaiou Talles em outros momentos, ouviu calada. O parlamentar disse ter certeza que há goianos tão qualificados para a equipe do novo governo quanto os secretários que foram buscados fora do Estado. ““Antes, era o contrário, nós é que tínhamos talentos a oferecer ao resto do Brasil”, disse.