Informações, análises e comentários do jornalista
José Luiz Bittencourt sobre política, cultura e economia

29 jan

Fatura liquidada: novo presidente da Assembleia será Lissauer Vieira, do PSB, a ser eleito sexta-feira com mais de 30 votos para mostrar a Caiado que ele terá apoio do Legislativo, mas não submissão

Estão praticamente encerradas as articulações de bastidores para a escolha do novo presidente da Assembleia, com a definição de mais de 30 deputados estaduais pelo nome de Lissauer Vieira, do PSB.

 

A candidatura de Álvaro Guimarães, que tinha o apoio do governador Ronaldo Caiado, pode nem ser levada a plenário, diante da folgada maioria construída pelos parlamentares que inicialmente apenas queriam “zerar” a Assembléia, livrando-a da influência do ex-governador Marconi Perillo e ex-presidentes aliados, mas expandiram o projeto para uma espécie de declaração de independência face ao Palácio das Esmeraldas – principalmente depois que Caiado foi até a Casa e tratou alguns deputados com ironia e desconsideração durante um debate sobre a situação financeira do Estado. Lissauer Vieira foi escolhido pelo grupo porque tem perfil moderado em relação Caiado e, portanto, não tem arestas com o novo governo: como presidente, o que ele significa é que a Assembleia dará apoio ao Palácio das Esmeraldas sem submissão e dentro de um convívio respeitoso com todos os 41 deputados estaduais.